quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Devoy Kassan - Resenha




SINOPSE:
Existe um mundo em que sua população desconhece a existência dos nominados Ocultos. Celebriant Devoy tinha tudo para ser uma grande Oculta, só havia um pequeno
problema: ela não queria ser. Mesmo nascida em uma família privilegiada com um poder raro e destrutivo, Celebriant não aparenta estar apta a representar o papel de primogênita Devoy. Quando seu pai a chama para informá-la de uma novidade nada atraente, Celebriant sente-se completamente injustiçada. Suas desconfianças e seu poder secundário a atacam com imagens perturbadoras e ela se sente perdida. Com um noivado indesejado e sua Intueri lhe dizendo que esse caminho não é o certo, será que Celebriant vai seguir o seu destino docilmente?




A capa de Devoy Kassan foi feita por André Siqueira. Além de linda, tem uma grande relação com a jovem personagem principal Celebriant e seu poder ligado a uma serpente de fogo.

Celebriant pertence a um mundo em que o mais importante são os poderes que nascem juntamente com a pessoa. Nessa sociedade cada família tem um poder principal, o que determina seu grau de importância perante os demais. Na sua família Devoy, o que prevalece é o poder kassan, uma habilidade incomum e muito destrutiva.


“Em seu mundo as pessoas nasciam com capacidades e predisposições que se desenvolviam durante a vida, e eram estas capacidades que indicavam seu lugar no mundo. Algumas eram consideradas superiores ou raras e por isso, denominadas de poderes. Todas as outras eram consideradas habilidades.” (Trecho página 15)




Porém a jovem Celebriant, até os treze anos desenvolve como poder principal o intueri, que está mais ligado a uma forte intuição e pressentimentos em relação a pessoas e acontecimentos. Por conta disso, vive isolada, pois é menosprezada pela família, que considera sua habilidade inferior. Além de conseguir sentir a índole das pessoas que se aproximam, principalmente das más.

“Celebriant teve o azar de nascer com dois poderes, uma coisa muito incomum. Mais azar ainda era ter como poder primário o de Intueri – capacidade de intuição – e nascer numa família onde o poder primário era o de Kassan – capacidade de destruição.” (Trecho página 16)


Durante uma briga com sua irmã Lune, ela acaba manifestando o poder kassan. A partir desse momento sua vida muda radicalmente, pois ela é recrutada para fazer parte dos Ocultos. Um exército obscuro que pertence ao governo. E seus pais lhe arranjam um noivo, Nicholas, que pertence a uma família importante. O problema é que as habilidades de Celebriant são conflitantes e ela não se sente bem em pertencer aos Ocultos e muito menos com a possibilidade de se tornar esposa de um rapaz mimado e autoritário.

“O problema era que quem a pedira em casamento fora os Moringan. A principal família dos Ocultos, aquela que estava do lado direito do Imperador. Não existiria uma honra maior do que essa e Celebriant sentiu-se enjoada.” (Trecho página 26)





Minhas Impressões

Devoy Kassan é uma leitura muito agradável. A autora criou um mundo próprio repleto de criatividade e originalidade. Durante a leitura mergulhei nessa fantasia e fiquei impressionada com os poderes e personalidades das personagens. Os nomes incomuns me confundiram um pouco no começo, mas logo me habituei a esse novo universo e acompanhei as aventuras, acertos e erros de Celebriant.

A sociedade a que eles pertencem se assemelha muito a nossa, comparando que o que manda em nossa sociedade é o dinheiro, na deles o principal são suas habilidades. As famílias são tradicionais e menosprezam aquelas que tem um poder inferior.

Entre os personagens, gostei muito de Nicholas, com seu caráter possessivo e autoritário desafiando Celebriant. E a jovem Saori, irmã mais nova de Celebriant, me conquistou com sua bondade e maturidade.


Gostei muito e aguardo a continuação, para conhecer melhor o destino desses personagens tão bem construídos. A diagramação do livro está linda.


#EuLeioLivrosNacionais 2



Abraços e até a próxima





11 comentários:

  1. Nem vou ler a resenha pra não ficar mais ansiosa, mas to esperando o meu Devoy Kassan chegar @_@ (abençoado Estante Virtual xD)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabrielle

      Acho que vai gostar muito. Eu gostei =D

      beijos Fabi

      Excluir
  2. \o/ Sua opinião é muito importante para mim Fabi! Fico muito feliz que gostou...

    Abraços enormess! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que linda! Parabéns pelo livro Paula, quero a continuação!

      beijos Fabi

      Excluir
  3. Oi mais um livro para mim ler obrigada pela dica!
    Bjs e aproveita que tem promo no ar!
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2013/01/promocao1-carnaval-literario.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Naylane

      Eu recomendo! Vou passar lá sim.

      beijos Fabi

      Excluir
  4. Opa, adorei a capa do livro, ja começou por aí, e pelo que voce falou, esse é um dos livros nacionais que valem a pena e tem uma história bem construída, com personagens bem construídos - acho que vou querer ter o poder kassan tb \o/
    Opa, é sim!
    Um beeijo, Fabi!
    Pâm
    http://interruptedreamer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pâm

      O poder Kassan é meio destruidor rs rs eu preferia ter a intueri da Celebriant. Lendo você vai entender ;)

      beijos Fabi

      Excluir
  5. Oii!!
    Ainda não conhecia o livro, as confesso que fiquei curiosa com relação aos personagens ^^
    Vou procurar pelo livro.
    Beijos

    Elidiane - Leitura entre amigas

    ResponderExcluir
  6. AAAI eu quero ter o poder dela de sentir a índole das pessoas!
    Adorei sua resenha. Quando voce falou Nicholas, ja pensei num cantor que gosto muito, e já amei-o ahsduasd mas não sei né, tudo depende de como a Celebriant agirá! Quero ver rsrs
    Obrigada, Fabi, sua linda <3
    Um beeijo!
    Pâm
    http://interruptedreamer.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir